Início » Smartphones do futuro: Aparelhos terão telas com autorreparo

Smartphones do futuro: Aparelhos terão telas com autorreparo

Com a nova tecnologia a caminho, será o fim das películas protetoras?

Por Deivid Jean
Smartphones do futuro

A CCS Insight, uma empresa de análise de mercado, prevê que os smartphones do futuro poderão ter telas autorreparáveis em apenas cinco anos, ou seja, em 2028. No entanto, essa autorrecuperação seria limitada à superfície da tela, não sendo capaz de reparar danos mais profundos. A informação veio da CNBC.

-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --

Esta previsão intrigante sugere que os danos à tela do smartphone podem ser coisa do passado, mas o que isso pode mudar? Neste artigo, vamos analisar essa tecnologia emergente, as empresas que já estão explorando suas possibilidades e o impacto que ela pode ter no futuro dos smartphones.

Como Funciona a Tecnologia?

A tecnologia envolve a aplicação de um “nano revestimento” na superfície da tela do smartphone. Quando a tela é arranhada, o revestimento cria um novo material que reage ao ar, preenchendo a imperfeição.

Esta inovação para os smartphones do futuro poderia prolongar a vida útil dos aparelhos e reduzir a necessidade de reparos caros. Embora essa tecnologia tenha sido discutida por anos, o maior desafio é gerenciar as expectativas corretamente.

Empresas que Já Exploram essa Tecnologia

Várias empresas já exploraram essa tecnologia:

-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --
  • LG: Em 2013, a LG utilizou a tecnologia de nano revestimento em um smartphone chamado G Flex. Este foi um passo significativo na direção de smartphones mais duráveis.
  • Motorola: Em 2017, a Motorola patenteou uma tela feita de “polímero com memória de forma”, que se autorrepara quando rachada, através da regeneração ativada pelo calor. Esta inovação mostra o compromisso da Motorola com a durabilidade do smartphone.
  • Apple: A Apple também garantiu uma patente para um iPhone dobrável com uma cobertura de tela capaz de se reparar automaticamente quando danificada. Isso demonstra a busca contínua da Apple por inovação e excelência.

No entanto, apesar de existir essa tecnologia, ainda não a implementaram em um dispositivo de sucesso comercial. Há uma barreira para lançar esses smartphones do futuro em grande escala.

Smartphones do Futuro

Smartphones do futuro

Smartphones do futuro – Imagem: Freepik

As empresas precisam de investimentos significativos em pesquisa e desenvolvimento para identificar novas inovações no campo dos smartphones do futuro.

-- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE --

Além disso, é essencial ter recursos financeiros para a promoção e comercialização desses dispositivos em larga escala, bem como garantir que os consumidores estejam adequadamente informados sobre as questões relacionadas aos telefones que podem se autorreparar. Este é um desafio, mas também uma oportunidade para as empresas de tecnologia.

Mesmo sem dominar completamente essa tecnologia, as fabricantes estão empenhadas em desenvolver telas mais modernas. A Samsung já produz smartphones dobráveis com telas avançadas, enquanto a Motorola inovou com um protótipo de tela enrolável. Estes avanços são, por fim, um testemunho do futuro emocionante que nos espera no mundo dos smartphones.

Você pode gostar

Deixe um comentário